Acesso restritoCONSULTAS SCPC

 

7 Filmes Inspiradores para Mulheres Empreendedoras

“Pela primeira vez na minha vida as pessoas estão me respeitando. Portanto, não me peça para desistir”. A frase representa bem Erin Brockovich (nome real) no clássico filme homônimo de 2000 que conta a história de uma mulher pobre que enfrenta uma grande companhia da Califórnia, nos Estados Unidos, que estaria contaminando a água de uma cidade.

Bem mais recentemente, Joy – O Nome do Sucesso, de 2105, retrata Joy Mangano (nome real), uma empreendedora norte-americana conhecida por várias invenções, que enfatiza: “Chegamos onde estamos com trabalho árduo, paciência e humildade. Então quero dizer que jamais pense que o mundo lhe deve algo. O mundo não lhe deve nada”.

Apesar dos estereótipos e clichês largamente propagados sobre histórias de determinação e superação pessoal, o cinema tem produzido obras riquíssimas em inspiração e motivação para mulheres que empreendem ou desejam fazê-lo. São vários os enredos e razões que movem cada história, mas a persistência e a resiliência parecem ser os fios condutores das narrativas.

Selecionamos algumas dessas histórias inspiradoras, das quais você pode extrair interessantes lições para os negócios e para a vida. Entretenha-se e emocione-se com essas mulheres admiráveis, sem sucumbir à generalização da autoajuda, pois cada história possui sua singularidade.


1. Joy – O Nome do Sucesso (2015)

Estrelado pela talentosa Jennifer Lawrence (a mesma de Jogos Vorazes), a trama conta a história real de Joy Mangano, empreendedora norte-americana que ficou milionária e conhecida por uma série de invenções domésticas, entre as quais um esfregão que se pode torcer sem molhar as mãos. Joy é uma mãe solteira que vive com os dois filhos e enfrenta muitas dificuldades financeiras.

Criança prodígio, com várias ideias, mas obrigada a abandonar seus sonhos para cuidar da casa e da família após a saída do pai (Robert De Niro) de casa, ela decide reinventar a si mesma. A partir de então, enfrenta uma longa jornada para viabilizar a produção e emplacar suas criações nos canais de venda dos anos 90.


2. O Estagiário (2015)

Esta leve e dinâmica comédia mostra o dia a dia de Jules Ostin (Anne Hathaway), criadora de um bem-sucedido e-commerce de roupas sob medida que, apesar de ter apenas 18 meses, já tem mais de 200 funcionários. A vida atarefada devido às exigências do cargo de presidente da empresa a faz descuidar dos relacionamentos pessoais.

Quando a empresa inicia um projeto de contratar idosos como estagiários, ela passa a trabalhar com o viúvo Ben Whittaker (Robert De Niro), de 70 anos. Por mais que enfrente o inevitável choque de gerações, ele logo conquista os colegas de trabalho e se aproxima de Jules, que passa a vê-lo como um amigo, inclusive no momento mais delicado de sua vida até então.


3. A Dama de Ferro (2011)

Com brilhante atuação de Meryl Streep, que lhe rendeu o segundo Oscar com atriz principal, este drama conta um pouco da história de Margaret Thatcher, mulher que desafiou as convenções e enfrentou vários preconceitos como primeira-ministra do Reino Unido, num ambiente até então dominado por homens.

O filme mostra que, durante a recessão econômica causada pela crise do petróleo na década de 70, a líder política tomou medidas impopulares, visando à recuperação do país. Seu grande teste, no entanto, foi quando o Reino Unido entrou em guerra com a Argentina na polêmica Guerra das Malvinas (1982).


4. Um Sonho Possível (2009)

Baseado numa história real, este filme conta a história de Michael Oher (Quinton Aaron), um jovem negro, pobre, filho de mãe viciada e sem lugar para morar, que é adotado por uma família rica e consegue realizar o sonho de se tornar jogador profissional de futebol americano.

A mulher que o adota é Leigh Anne Tuohy, personagem vivida por Sandra Bullock, e por cuja interpretação ganhou o Oscar em 2010. A história de superação dos obstáculos do jovem adotado e de persistência da mãe adotiva são realmente inspiradores.


5. Coco Antes de Chanel (2009)

O filme conta a história de Coco Chanel, interpretada por Audrey Tautou (mais conhecida por Amélie Poulain), a famosa estilista francesa que revolucionou o mundo da moda ao ousar se vestir com roupas masculinas quando todas as mulheres usavam os desconfortáveis espartilhos e outros adereços exagerados.

A obra retrata o difícil início de carreira, quando ela precisou vencer inúmeros obstáculos, da pobreza extrema aos costumes de sua época – a França do começo do século XX, período de grande extravagância – para conseguir o que queria. História de perseverança e coragem que pode inspirar as mulheres empreendedoras.


6. O Diabo Veste Prada (2006)

Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jovem que conseguiu um emprego na Runaway Magazine, a mais importante revista de moda de Nova York. Ela passa a trabalhar como assistente da arrogante Miranda Priestly (Meryl Streep), principal executiva da revista. Logo Andrea nota que o “emprego dos sonhos” não era tão bom assim.

Com um enredo girando em torno Miranda Priestly, personagem inspirado na poderosa Anna Wintour, editora de moda da Revista Vogue americana, o filme revela os bastidores do universo fashion, particularmente os mecanismos que regem os editoriais de moda.


7. Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento (2000)

Por fim, o filme que deu a Julia Roberts seu único Oscar em 2001 retrata a trajetória de Erin Brockovich, mãe solteira de três filhos que trabalha num pequeno escritório de advocacia. Quando descobre que a água de sua cidade está sendo contaminada e espalhando doenças entre os moradores, convence seu chefe a deixá-la investigar o assunto.

A partir de então, ela consegue convencer os cidadãos locais a cooperarem para que enfrente nos tribunais a empresa Pacific Gas and Electric Company (PG&E), responsável pela contaminação da água por compostos de cromo hexavalente, num processo de 333 milhões de dólares.


Para saber se você está preparada para ser empreendedora, procure o Sebrae.

 



<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos


PARCEIROS