Acesso restritoCONSULTAS SCPC

 

Cartões novos oferecem dinheiro de volta em vez de milhas aéreas

No lugar das tradicionais milhas, as novatas do setor oferecem crédito de volta na fatura: os chamados "cash back".

O Nubank, por exemplo, já afirmou que deve permitir que clientes usem pontos para "apagar" gastos. Para participar do programa, o cliente precisará pagar cerca de R$ 200 por ano.

Já no Banco Original, o cliente recebe um percentual dos gastos na fatura do cartão. Cada ponto equivale a R$ 1 de crédito na fatura, mas o percentual gasto que vira pontos varia de 0,25% a 1,75%, conforme o cartão e os gastos.

"O brasileiro sofre toda vez que vai resgatar milha, mas já incorporou esse sofrimento", afirma Marcos Lacerda, diretor de marketing do Original.

No entanto, segundo informações da Folha de S.Paulo, estima-se que participantes de programas de milhagem possam recuperar até 10% dos gastos no cartão com bilhetes aéreos. O máximo que os programas de "cash back" brasileiros devolvem equivale a 2% dos gastos mensais.

Ele estima que participantes de programas de milhagem possam recuperar até 10% dos gastos no cartão com bilhetes aéreos. O máximo que os programas de "cash back" brasileiros devolvem equivale a 2% dos gastos mensais.

Fonte: Noticiasaominuto


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos


PARCEIROS